RELEASES

Fertilizante mineral granulado é a nova aposta dos produtores de soja em MS

Depois de testado e aprovado nas lavouras do Sul do país, tecnologia nacional vem transformando o solo da região e ampliando o potencial produtivo

 

Na cultura da soja, o adequado manejo da fertilidade do solo é condição essencial para que a lavoura atinja todo seu potencial produtivo. Por isso, conforme os especialistas, “diagnosticar a capacidade dos solos em fornecer os nutrientes às plantas e planejar as adequadas estratégias de manejo das adubações consistem em importantes desafios para a obtenção de altas produtividades e rentabilidades”. O engenheiro agrônomo e especialista em solo, Eduardo Silva e Silva, lembra que o primeiro desafio é diagnosticar adequadamente as faltas ou excessos de nutrientes, o que se faz através de análise de solo e de folhas. “Uma vez feito o diagnóstico, as estratégias são traçadas, com recomendações para correção da acidez, condicionamento de perfil do solo e adubações corretivas ou de manutenção. Essas estratégias serão, evidentemente, diferentes para as áreas de abertura e áreas consolidadas em sistema de Plantio Direto, Cultivo Mínimo ou Convencional”, explica.

Em Mato Grosso do Sul, onde a estimativa da área plantada de soja chega a 2 milhões de hectares, na maior parte da área de abertura para a soja há a necessidade de correção da acidez, além de construção da fertilidade dos solos, aumento dos teores de cálcio, entre outros nutrientes.

“SulfaCal (sulfato de cálcio granulado) conquistou a confiança dos produtores por melhorar o enraizamento das plantas, reduzir o alumínio tóxico e auxiliar na floculação das argilas do solo, além de aumentar a tolerância à seca”, destaca Eduardo Silva e Silva, que também é gestor técnico da SulGesso/MaxiSolo, empresa catarinense responsável pelo desenvolvimento da tecnologia.

Os solos das propriedades visitadas demonstraram quadros preocupantes de compactação, o que inspira atenção e a necessidade de produtos que auxiliem na reversão gradual desses cenários, como o SulfaCal.

A SulGesso participou recentemente de um Dia de Campo da Cooperalfa no MS, onde foi possível constatar alguns resultados. Em Nova Alvorada do Sul (MS), um dos associados da Cooperalfa relatou que em muitas áreas de abertura onde foi utilizado o fertilizante SulfaCal, o resultado foi excelente. De modo geral, de acordo com as pesquisas já desenvolvidas a campo, o volume final em áreas com o fertilizante mineral pode chegar a até 6 sacas a mais por hectare.

 

 

 

 

 

Texto: AgroUrbano Comunicação

Foto: divulgação SulGesso

www.agrourbano.com.br

Tel: (51) 99165 0244

www.facebook.com/AgrourbanoComunicacao
Instagram: @agrourbano_comunicacao 

Últimos Releases

Preencha seus dados

Preencha corretamente que entraremos em contato o mais breve possível.