RELEASES

RiceTec prepara o mercado para a entrada da tecnologia Max-Ace®

Genética com tolerância ao herbicida Acert para controle principalmente de arroz vermelho e capim arroz, serão apresentados durante a 32ª Abertura da Colheita do Arroz  

 

A busca constante por cultivares e tecnologias inovadoras para se produzir mais, sem aumentar a área plantada e sem perdas na qualidade de grão é um desafio permanente para diferentes culturas, especialmente para os produtores de arroz.   

Nesse cenário, que uma nova tecnologia chamada Max-Ace® vem ganhando espaço nas lavouras de arroz do sul do país. A novidade foi desenvolvida pela multinacional americana RiceTec, que possui Centros de Pesquisa em Santa Maria e Capão de Leão, sendo referência mundial em desenvolvimento e comercialização de sementes híbridas de arroz. E o local escolhido para o lançamento da nova ferramenta será 32ª Abertura da Colheita do Arroz, que acontece de 16 a 18 de fevereiro, em Terras Baixas, Pelotas (RS).   

As sementes com a tecnologia Max-Ace® , chega ao mercado após anos de pesquisa e conta com uma genética tolerante a herbicida inibidor de ACCase, agindo no controle das principais gramíneas na cultura orizícola, como o arroz vermelho.   

O produtor Eusebio Cordeiro, de Dom Pedrito/RS, relata sua experiência com a tecnologia Max-Ace nesta safra como um "milagre", e ressalta que "parece uma roça nova" comparando com a lavoura ao lado. As duas aplicações controlaram muito bem o arroz vermelho resistente e o capim arroz na sua área, que segundo ele não podia mais ser cultivada em função da alta infestação destas plantas daninhas. Ele acredita que com os híbridos de alto potencial e excelente qualidade de grãos da RiceTec Sementes aliado a tecnologia Max-Ace os resultados da sua propriedade irão melhorar demais.  

XP302 Max-Ace® e XP739 Max-Ace®    

Dois produtos com a nova tecnologia serão lançados durante a Abertura da 32ª Colheita do Arroz, de 16 a 18 de fevereiro de 2022 em Capão do Leão (RS). As cultivares XP302 Max-Ace® e XP739 Max-Ace® serão apresentadas ao público. Atualmente, a tecnologia conta com uma área instalada com 108 hectares em 10 áreas no estado do RS, e os resultados estão espetaculares, principalmente o controle de arroz vermelho e capim arroz resistentes a ALS, como destaca o engenheiro agrônomo e coordenador de negócios no Brasil da RiceTec Sementes, Marlon Scursone. "Os resultados atingidos, até agora são excelentes e devem revolucionar o mercado orizícola no Brasil. Esse produto foi desenvolvido para atender às necessidades do produtor, desde o controle de plantas daninhas até o resultado na produtividade, exigências crescentes nesse mercado", afirma.   

Genética com tolerância ao herbicida Acert   

O Max-Ace® conta com uma genética tolerante a herbicida inibidor de ACCase, obtida mediante mutações, atuando no controle das principais gramíneas na cultura orizícola, como o arroz vermelho e o capim arroz, incluindo os genótipos resistentes a outros grupos químicos, plantas essas consideradas um entrave ao rendimento da cultura e que podem levar à redução da qualidade do produto final. Com a nova tecnologia, o produtor passa a ter também, mais uma possibilidade de rotação de grupo químico de herbicidas, alto potencial produtivo e maior tolerância a doenças como a brusone do arroz.   

"Os resultados de controle e tolerância são muito bons, estamos muito contentes com o que estamos presenciando no campo, e temos certeza de que essa tecnologia vai ajudar muito o produtor a buscar a sua rentabilidade, aliado à sustentabilidade", acrescenta Scursone.   

As sementes com tecnologia Max-Ace® serão introduzidas comercialmente, para uso em lavouras comerciais, a partir da próxima safra 2021/2022. 

 

 

Texto: AgroUrbano Comunicação 
Foto: Marlon Scursone
Fone/Whats: (51) 99165 0244 
www.agrourbano.com.br 
www.facebook.com/AgrourbanoComunicacao 
Instagram: @agrourbano_comunicacao 

 

Últimos Releases

Preencha seus dados

Preencha corretamente que entraremos em contato o mais breve possível.